sábado, 26 de julho de 2014

Entrelinhas


Ouve uma música repetidamente. Seu coração está apertado. Doendo. As lágrimas vão caindo de seus olhos. Não deveria ter acumulado tanto sofrimento. Agora, estão todos aí lhe perturbando lentamente. Não bastasse isso, as comparações com situações passadas são inevitáveis. Como não percebeu o mesmo padrão?

Culpar-se não fará você se sentir melhor. Até porque, como saber se a culpa foi sua? Mas não adianta. Não consegue entender. Só pensa na dor que está sentindo. Quer arrancar esses pensamentos da sua cabeça. Apagar a lembrança dos últimos dias. Esquecer que mais uma vez se deixou levar pelas emoções.

Sente como se tivesse perdido o chão. Os planos deram errado. Estava confiante. Sentia que algo diferente estava acontecendo. Mas não, não estava. Estava somente se iludindo. Acreditando em palavras que nem sabia se eram verdadeiras. Não podia ser real. Entretanto, envolveu-se tanto, que nem percebeu.

Precisa de um lugar para espairecer. Talvez, ficar longe por um tempo, ajude a acalmar os sentimentos. A pensar mais claramente. Libertando-a assim, dessa tristeza.

Srta. Rocha

Nenhum comentário:

Postar um comentário