terça-feira, 8 de março de 2016

Des-construção


“Nada é estático. Tudo está desmoronando.” já dizia Tyler Durden, em Clube da Luta. Assim, eu vou me desfazendo de todos os conceitos obsoletos. Desconstruindo todas as ilusões. Porque é necessário chegar ao fundo do poço para enxergar a luz. Tão palpável quanto a dor é a certeza da sua dissolução. Contudo, a cada estágio perde-se um pedaço de si. Na tentativa de suturar, expõe-se mais a ferida. Que sangra lentamente. Então, você se desespera. Olha para todos os lados e não encontra uma solução. Ao atingir o ápice do desequilíbrio, é que você entende que tudo isso faz parte do processo evolutivo. Cada parte arrancada de você foi feita com um único intuito, fazê-lo mais forte. Nesse momento, você está pronto para sair dessa existência medíocre. Sem expectativas, você encontrará o seu caminho. Ou simplesmente, se absterá.

Srta. Rocha

Nenhum comentário:

Postar um comentário